5582697802

Historia

O início e Angels Cry (1991-1994)

A banda Angra foi formada por Rafael Bittencourt e Andre Matos com a proposta de fundir a agressividade do Heavy Metal, os ritmos étnicos brasileiros e a sofisticação da música erudita. Na época, Andre Matos foi quem trouxe os contatos com o empresário Antônio Pirani,então proprietário da revista Rock Brigade e do selo Rock Brigade Records, por volta de 1991 no auge do estilo power metal. Rafael, que estava retornando dos Estados Unidos, resolveu montar uma super banda com músicos conhecidos na faculdade Santa Marcelina como o vocalista Andre Matos. Os músicos André Linhares (guitarra), Luis Mariutti (baixo), e Marco Antunes (bateria) completaram a banda, mas após algum tempo André Linhares deixou a banda e André Hernandes o substituiu. Pouco depois Kiko Loureiro assumiu o lugar de André Hernandes. A ideia era aproveitar a onda do power metal (ou metal melódico como o gênero ficou conhecido no Brasil) que estava bastante popular na Europa, Japão e no Brasil graças a nomes como Helloween e Gamma Ray. O quinteto ensaiou praticamente por um ano para lançar sua primeira demo tape, intitulada Reaching Horizons em 1992. Ainda desconhecidos do grande público, o Angra assinou com a JVC e viajou para a Alemanha para gravar seu primeiro álbum de estúdio. Antes das gravações iniciarem, Marco Antunes deixa o grupo, ficando à cargo de Alex Holzwarth tocar a bateria no disco.

O primeiro show da banda foi dia 17 de Abril de 1993 no Black Jack em São Paulo. O tecladista foi Fábio Ribeiro, que fez alguns shows e depois saiu para trabalhar na Korg. Entrou então Leck Filho. No fim de 1993 foi lançado o disco de estreia, Angels Cry, que contava com a participação de Kai Hansen, Dirk Schlachter, Thomas Nack (Gamma Ray) e Sascha Paeth(Heavens Gate). O álbum apresentava uma mistura de heavy metal e música clássica, sonoridade que marcou o estilo da banda.4 Após o lançamento a banda ganhou fama no Japão, onde Angels Cry chegou à terceira posição na parada internacional, tendo vendido 106 mil cópias, ganhando seu primeiro Disco de Ouro. Leitores de revistas japonesas e sul-americanas elegeram o Angra "Melhor Banda Nova" de 1993, sendo que, na Rock Brigade, o grupo (e Angels Cry) venceu diversas categorias da votação dos leitores: "Melhor Álbum", "Melhor Vocalista", "Melhor Capa", "Melhor Tecladista" e "Melhor Música" (Carry On). O videoclipe de "Time" foi executado muitas vezes em emissoras de TV do Brasil e do Japão, enquanto que o de "Carry On" foi indicado para o MTV Video Music Awards. O sucesso continuou no verão de 1994, quando Angels Cry foi lançado na Europa, pela Dream Circle/Polydor (Europa) e pela CNR Music/Arcade (França). No mesmo ano, André Matos participou da remixagem de três músicas – Evil Warning, Carry On e Angels Cry – para inclusão num EP chamado Evil Warning, lançado somente no Japão, com uma edição limitada de 13 mil cópias que vinha com uma camiseta. Nesse meio tempo, a banda levou a cabo uma extensa turnê, já apresentando o novo baterista Ricardo Confessori, substituto de Marco Antunes. No período entre o término dos shows e o início das gravações do segundo álbum, o guitarrista Kiko Loureiro e o baixista Luís Mariutti foram chamados a criar vídeo-aulas para as séries Guitar Rock e Rock Bass, respectivamente.

Holy Land (1995-1997)

 

O Angra iniciou as gravações de seu novo álbum em 1995. Holy Land, lançado em Março de 1996, sucedido por shows em diversos países europeus, como Itália, França eGrécia. De acordo com uma entrevista que o André deu à revista alemã Heavy, Oder Was, eles levaram 8 meses para gravar o novo álbum porque ele teve um problema sério nas cordas vocais após a turnê pela Europa. Ele teve que parar as gravações no verão de 1995 (na Europa) e retornar ao Brasil para tratamento médico. Então, ele voltou à Alemanha e gravou a sua parte novamente. Entre outros boatos sobre este álbum, um deles foi o de que o André foi mixar "Holy Land" no exterior sem o resto da banda e que eles não ficaram muito satisfeitos com o resultado final por ter muito teclado e pouca guitarra. Quem responde é o próprio André: "Não é verdade, pois o resto da banda estava lá no fim da mixagem e eles puderam opinar sobre algumas coisas. Além do que, o resultado final os deixou de boca aberta! Eu também acho que poderia ter pintado mais guitarra. É lógico, sem contar as partes de solo. Também acho que o som de guitarra poderia ter ficado melhor, mais pesado". "Holy Land" foi concebido num sítio, na cidade de Tapiraí, interior de São Paulo, onde o grupo se isolou durante quatro meses para compor e arranjar as dez músicas do CD. Os ensaios foram feitos durante os intervalos de uma turnê da banda na Alemanha, em junho de 1995. As gravações e mixagens tiveram início no final de junho e foram concluídas em três meses, também na Alemanha. Kiko define "Holy Land" como um álbum conceitual, em que todas as músicas tem um elo de ligação entre si: "Nós usamos como tema a época das grandes navegações, tanto que a capa do disco é um mapa antigo, dos tempos do descobrimento. Nós falamos da mistura de raças no Brasil, colocamos elementos típicos do país nas letras. Também fazemos um paralelo entre aquela época, quando um novo mundo estava sendo desbravado, com os tempos atuais, de grandes mudanças, de aldeia global".

Assim como o primeiro disco, Holy Land recebeu Disco de Ouro no Japão pelas mais de 100 mil cópias vendidas no país. No início do ano seguinte, a banda faria sua primeira turnê em território japonês. Como consequência de tantos shows bem sucedidos, foi lançado em 1997 o EP Holy Live, com quatro faixas ao vivo gravadas em Paris. A banda teve o videoclipe da canção "Make Believe" indicado para o MTV Video Music Awards de 1997, acabando como um dos mais votados. O tecladista da turnê foi ainda Leck Filho. 

 

Fireworks (1998-1999)

O ano de 1998 marcou o início de mais uma produção do Angra. Com Chris Tsangarides na produção, a banda antecipou seu próximo álbum com o single de três canções "Lisbon", lançado em julho daquele ano. O álbum, intitulado Fireworks foi lançado em setembro do mesmo ano, mostrando a banda menos voltada para os ritmos brasileiros e mais dedicada ao heavy metal. Durante a turnê do álbum, os problemas de relacionamento com o empresário Antônio Pirani se agravaram, resultando em conflitos internos.O último show de Andre Matos, Ricardo Confessori e Luis Mariutti foi dia 23 de outubro de 1999 no Credicard Hall em São Paulo. O tecladista da turnê foi Fabrizio Di Sarno, que fez os primeiros shows da Tour Européia como o Dínamo Open Air e o Gods of Metal. Nestes festivais o Angra dividiu os palcos com bandas como Metallica, Motorhead, Manowar, Stratovarius, Gamma Ray, entre outras. Depois Fábio Ribeiro retornou à banda depois de cinco anos e fez o restante de todos os shows.

Reformulação, Rebirth e turnê pela Europa (2000-2003)

Após diversos desentendimentos com Pirani, Andre Matos, Ricardo Confessori e Luis Mariutti saíram da banda em agosto de 2000 8 e em março de 2001, uma nova formação era anunciada com Aquiles Priester (bateria), Edu Falaschi (vocal) e Felipe Andreoli (baixo).9 Edu Falaschi era líder da banda Symbols. Felipe Andreoli, por sua vez, era baixista do grupo Karma, e ainda faz parte desta formação. Já Aquiles Priester, fundador do grupo Hangar saiu da banda em 2008. Assim, o Angra voltou às atividades no ano de 2001 com o lançamento mundial do disco Rebirth no mês de outubro. O nome do álbum, que significa renascimento emportuguês, remete à nova fase vivida pela banda a partir do primeiro semestre daquele ano e foi gravado no Brasil e na Alemanha pelo produtor Dennis Ward. O quinteto ingressou num processo de divulgação do disco, realizando em várias capitais brasileiras e na América do Sul, culminando com um show na casa Via Funchal, nacidade de São Paulo, em 15 de dezembro. Em menos de dois meses, Rebirth já havia atingido o número de 100 mil cópias vendidas em todo o mundo. O primeiro show da banda com a nova formação aconteceu dia 2 de novembro de 2001 no Canadura em Maringá no Paraná. Em janeiro a banda voltou ao estúdio, novamente sob o comando de Dennis Ward, para gravar o EP Hunters and Prey e a canção "Kashmir" para um tributo ao Led Zeppelin. O álbum trazia algumas faixas novas, além de versões acústicas das canções "Rebirth" e "Heroes of Sand". Trazia também um cover de Genesis, com a canção "Mama". Logo após as gravações, a banda ainda participou de um show ao ar livre em comemoração ao aniversário da cidade de São Paulo, no dia 25 de janeiro, realizado no Center Norte, contando com um público de cerca de 12 mil pessoas. Depois de participar de inúmeros programas de rádio e de TV (incluindo uma aparição no Altas Horas, da Rede Globo, e Musikaos, da TV Cultura), o Angra finalizou a edição do primeiro vídeo clipe do disco Rebirth.13 A canção escolhida foi a faixa título, e tem como base as imagens gravadas no show acima citado, realizado em São Paulo. Em março do mesmo ano a banda embarcou para mais uma turnê pela Europa. Foram 18 apresentações em sete países: Itália, Alemanha, França, Espanha, Holanda, Bélgicae Suíça, sempre contando com o Silent Force como banda de abertura. De volta ao Brasil, no início de abril foi retomada a turnê sul-americana, com três shows no interior de São Paulo que totalizaram público de cerca de 25 mil pessoas. Em paralelo, novos produtos com a marca Angra chegaram ao mercado. Um deles é o songbook de Rebirth, com as partituras e tablaturas para guitarra de todas as canções do disco. O livro, de 116 páginas, traz ainda um glossário explicando as principais figuras utilizadas nas tablaturas, facilitando sua utilização por músicos ainda pouco familiarizados com essa simbologia. Também foi lançada, em edição limitada produzida pelo fã-clube do Angra, uma fita VHS com cerca de 80 minutos de duração trazendo o show que a banda realizou no Rio de Janeiro e cenas extraídas dos arquivos pessoais dos músicos da banda. Em maio foi lançado o EP Hunters and Prey, que, a exemplo de Rebirth, tem arte de capa assinada pela artista plástica portuguesa Isabel de Amorim. O disco conta com oito canções e mais uma faixa interativa, com o clipe da canção "Rebirth". Dentre as canções, encontram-se novas composições, versões acústicas, um cover para a canção "Mama", do Genesis, e uma versão da canção "Hunters and Prey" com letra em português, que recebeu o título "Caça e Caçador". Antes de embarcar para mais uma empreitada internacional, a banda gravou uma versão heavy metal e um clipe da canção "Pra Frente Brasil". O vídeo foi exibido pelo canal esportivo SporTV durante a Copa do Mundo de 2002 e continua sendo veiculado no canal Multishow. Em junho a banda esteve mais uma vez no Japão, onde fez cinco apresentações nas cidades de Nagoia, Tóquio, Osaka e Hiroshima, entre os dias 19 e 24. No dia 14, o Angra foi a primeira banda de heavy metal sul-americana a se apresentar em Taiwan, em um show na cidade de Taipé. Várias rádios, como 89 FM e Brasil 2000 (São Paulo), FM 98 (Belo Horizonte), Cidade (Rio de Janeiro) e Cidade e Transamérica (Recife), incluíram canções do quinteto em sua programação. Também na TV o grupo teve ampla exposição, como nos programas Zapping Zone (Disney Channel, do qual participou duas vezes), Pirata Urbano (AllTV, no qual o bateu recorde de audiência do programa e ganhou uma reprise na semana seguinte), Programa do Jô (Rede Globo) e uma nova participação no Altas Horas (Rede Globo). No segundo semestre, o Angra participou com destaque em dois dos principais festivais de verão europeus. O grupo tocou no dia 27 de julho no Rock Machine, na Espanha, e no dia 2 de agosto no tradicional Wacken Open Air na Alemanha. Na volta, a banda prosseguiu em sua maratona de shows, se apresentando em diversas cidades brasileiras e visitando outros países sul-americanos como Equador e Colômbia. Em novembro se apresentaram pela primeira vez nos Estados Unidos e no Canadá. Com um show para cerca de 7 mil pessoas no Credicard Hall em dezembro de 2002, o grupo promoveu o lançamento do CD e DVD Rebirth World Tour: Live in São Paulo, encerrando a turnê mundial, que totalizou mais de 100 shows realizados no Brasil, América Latina, América do Norte, Europa e Ásia. Fizeram parte do fecho da turnê mundial três festivais de verão europeus, Viña Rock (Espanha, em 3 de maio), Sweden Rock (Suécia, em 7 de junho) e Gods of Metal(Itália, em 8 de junho), nos quais a banda teve oportunidade de mostrar sua apresentação para dezenas de milhares de fãs. Na Espanha, eles se apresentaram em um festival aberto a diversos estilos musicais, atraindo assim a atenção de um público eclético.O festival italiano, como o nome diz, sempre apresenta os principais nomes do heavy metal mundial. Finalizando a turnê, o Angra foi a atração principal do Festival Pop Rock, considerado o maior evento do gênero no Brasil, realizado em 9 de agosto em Belo Horizonte. O nome significa deusa do fogo na mitologia tupiniquim, além de significar uma pequena enseada ou baía usada como porto natural. Além disso, também foi escolhido por parecer com o adjetivo em inglês angry, que significa "raivoso". Paralelamente, os membros da banda também se dedicam a clínicas, workshops e aulas, atividade que sempre marcou a atuação dos músicos do Angra. Os cinco são constantemente convidados a transmitir seu conhecimento, tanto no Brasil como no exterior. Esses eventos, são realizados de maneira informal e didática, sendo comuns inclusive os convites para que seus músicos visitem escolas de música durante suas turnês. Na condição de músicos, os integrantes do Angra também estão comunicando seu conhecimento através de videoaulas. Kiko Loureiro lançou cinco vídeos, Estilos,Escalas e Licks, Técnica e Versatilidade, Os Melhores Solos e Riffs do Angra, Guitarra Para Iniciantes, Rock Fusion Brasileiro além de ter gravado três álbuns: No Gravity, Universo Inverso e Fullblast, e fez uma turnê com a Tarja Turunen. Enquanto Felipe Andreoli (músico) lançou no mesmo formato o vídeo Angra Bass, e também ele voltou para a antiga banda, Karma, gravando o álbum Leave Now!!!, e ainda participou do projeto VOX com os integrantes do Karma, também participou do projeto Freakeys de Fábio Laguna. Em 2008, Rafael Bittencourt lançou seu projeto solo, intitulado Bittencourt Project, com a participação dos bateristas Marcell Cardoso (Karma) e Ricardo Confessori (Angra e Shaman); dos baixistas Fernando Nunes e Felipe Andreoli (Angra, Karma e Freakeys) e do guitarrista e também multi-instrumentista Kiko Loureiro (Angra). O primeiro álbum do projeto, Brainworms I, foi lançado ainda em 2008. Seu título, traduzido do inglês como "vermes cerebrais", é um termo criado por neurocientistas para designar certos tipos de melodias que permanecem na memória das pessoas e não se consegue esquecer por algum tempo. Kiko Loureiro também foi destaque de capa de uma edição especial da revista japonesa Young Guitar, com direito a chamada em português, “Mate-se de Praticar”, além de participar no CD da banda Blezqi Zatsaz, do tecladista Fábio Ribeiro, tocando em cinco faixas. Edu Falaschi, por sua vez, gravou as canções Pegasus Fantasy, Blue Foreverpara o anime e Never para o filme do anime Cavaleiros do Zodíaco, Prólogo do Céu. As canções também fazem parte da versão brasileira da trilha sonora do mesmo anime. Em 2006 começou o projeto Almah e até agora lançou três álbuns Almah, Fragile Equality, Motion e Unfold . Ricardo Confessori mantém-se como líder da banda Shaman junto com outra formação: Léo Mancini (guitarra, também da banda Tempestt), Thiago Bianchi (vocal, também da banda Karma) e Fernando Quesada (baixo), tendo como tecladistaconvidado Fabrizio Di Sarno, também da banda Karma.

Curiosidades

1994 a banda foi convidada para a inauguração da versão brasileira do festival Monsters of Rock, dividindo palco com o KISSBlack Sabbath e Slayer, tocando para mais de 50 mil pessoas presentes além da cobertura televisiva ao vivo. Com as imagens desse show é feito o clipe da música Carry On.

Após o festival, a banda embarcou numa turnê no Brasil: a Angels Cry Tour, que incluiu um show patrocinado pela 97FM, que levou 10 mil pessoas ao Aramaçã, e duas apresentações lotadas no Aeroanta, em março. O fim da turnê ocorreu em 13 de maio de 1995, quando a banda foi à Europa para uma série de shows, que compreendiam 11 datas em cinco países, incluindo dois festivais ao ar livre.

Integrantes

Atuais

Rafael Bittencourt – guitarra (1991-presente)

Kiko Loureiro – guitarra (1992-presente)

Felipe Andreoli – baixo (2001-presente)

Fabio Lione – vocais (2013-presente)

Bruno Valverde – bateria, percussão (2014-presente) 

Ex-membros

Andre Matos – vocais, teclado, piano (1991–2000)

Luis Mariutti – baixo (1991–2000)

André Linhares – guitarra (1991)

André Hernandes – guitarra (1991–1992)

Marco Antunes – bateria, percussão (1991–1993)

Ricardo Confessori – bateria, percussão (1993–1999; 2009-2014)

Edu Falaschi – vocais, violão (2001–2012)

Aquiles Priester – bateria, percussão (2001–2007)

Discografia

Álbuns de estúdio

Angels Cry (1993) - Link

Holy Land (1996) - Link

Fireworks (1998) - Link

Rebirth (2001) - Link

Temple of Shadows (2004) - Link

Aurora Consurgens (2006) - Link

Aqua (2010) - Link 

Secret Garden (2014) - Link

Ømni (2018) - Link

Videos

 
 
 
 
 

SIGA nossas redes

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram

© 2018-2019 | GeraRock® - Todos os direitos reservados