Historia

Deborah Ann Harry, nasceu em 1 de Julho de 1945, em Miami, Florida. Seu primeiro trabalho como cantora, foi como backing vocal da banda folk "The Wind in the Willows" em 1968. No inicio dos anos 70 entrou para um grupo teatral nova-iorquino, "The Stilettoes", que misturava elementos musicais, com teatrais e dança. Foi mais ou menos nesta época que ela conheceria seu parceiro de quase toda vida, Chris Stein. O Stilettoes passaram a tocar no berço do movimento Punk, o bar CBGB's, (Country, Bluegrass and Blues). Incentivados pelo baterista Clem Burke, convidaram o baixista Gary Valentine a se juntar ao grupo. Para acrescentar um pouco mais de pop na música já punk da cena do CBGB´s, eles passaram a contar com os teclados de Jimmy Desntri. Em maio de 1977, a banda embarcou para sua primeira turné na Inglaterra. A banda tocou em várias partes do Reino Unido como Londres e Glasgow. Infelizmente, o relacionamento entre o baixista Gary Valentine e os outros membros da banda, começou a azedar durante esta turné. Felizmente, por causa da turné inglesa, o Blondie ganhou na Inglaterra, uma legião nova de fãs, maior até que a americana. A Inglaterra passou a ser a segunda casa da banda. Após a bem sucedida turné, o Blondie voltou para os EUA para gravar um novo álbum. “Plastic Letters" foi lançado em Fevereiro de 1978, e a banda começou uma turné promocional pela Europa. Depois da turné, os produtores decidiram fazer a mesma coisa nos Estados Unidos, pois em sua própria terra, a banda ainda não havia conquistado o respeito merecido que havia ganhado na Europa. Músicas do novo trabalho, "Parallel Lines" (1978), já estavam sendo executadas ao vivo pela banda há algum tempo. Algumas ganharam novas versões, como "Once I had a Love", e aquela que se tornaria o hit de discoteca, "Heart of Glass". Isto deu vantagem à banda, na hora de gravar, já que estavam familiarizados com o material. Após a gravação do novo álbum, a banda saiu em nova turné, pelo EUA, com o Kinks, entre Julho a Agosto de 1978. Após o sucesso absoluto de "Parallel Lines" na América e Europa, a banda começou a se preparar para o quarto álbum, "Eat To The Beat", novamente sendo produzido por Mike Chapman. O disco teve a colaboração de Nile Rodgers e Bernard Edwards, e foi gravado em apenas 2 meses, usando músicas já construídas para "Parallel Lines", mas descartadas na edição final. O disco mostra, em alguns momentos, o retorno do Blondie ao punk, além de ser menos pop que o disco anterior. O vídeo e o disco "Eat To The Beat" foram lançados em Setembro de 1979. A banda embarcou para nova turné Européia. Os shows ocorreram entre Novembro e Dezembro de 1979, e foi um absoluto sucesso. O retorno à América foi uma surpresa, pois a banda foi contatada pelo produtor e compositor musical Giorgio Moroder, que queria criar junto com a banda o tema para o filme "American Gigolo" (Gigolo Americano), um dos primeiros sucessos da carreira do ator Richard Gere. A música criada foi "Call Me". Originalmente, Moroder tinha criado a canção "Man Machine", para o Blondie, que adicionou novas letras, e mudou o nome para "Call Me". A banda seguiu para o Japão para uma nova turné, e no retorno, ficou surpresa com o sucesso inesperado, que acabou se tornando o segundo numero 1 da banda nos EUA. A faixa também foi grande sucesso na Inglaterra, e foi bastante executada no Brasil. Ainda sob o impacto do sucesso repentino de "Call Me", a banda voltou aos estúdios para o 5° álbum, "AutoAmerican" (1980). Mike Chapman voltou a produzir o álbum, gravado em L.A. e que mostrou que a musicalidade do Blondie era bastante vasta. Em outubro de 1981, o grupo resolveu lançar seu sexto álbum, como uma coletânea, "The Best of Blondie" acompanhado por uma coleção de vídeos. Ainda sob a produção de Mike Chapman, a banda voltou para o estúdio, para a gravação de seu ultimo álbum desta fase, "The Hunter". O álbum é lançado em Junho de 1982, e o primeiro single, "Island of Lost Souls", acabou sendo o último single americano da banda, fazendo apenas a posição 37 do Chart US. Apesar disto, ele conquistou a posição 7° do outro lado do Atlântico. A banda lançou "War Child", apenas no Reino Unido, e isto acabou se tornando o último da banda na Europa. Entre Novembro e Dezembro de 1998, a banda faz uma pequena turné pela Europa, Reino Unido e Austrália. Finalmente, em fevereiro de 1999, um novo álbum ("No Exit") é lançado, atingindo Top 10 na Inglaterra e Top 20 nos EUA. O primeiro single, "Maria", foi o hit número 1 na Inglaterra, e fez sucesso até no Brasil. O sucesso da volta triunfal do Blondie, levou a banda a uma série de shows, nos EUA e depois Europa. A banda terminou a turné "No Exit", na virada do ano 2000, em uma praia de nudismo em Miami. Em novembro de 1999, foi lançado o primeiro álbum "ao vivo", oficial do Blondie "LIVID" junto com um DVD. Outros dois DVDs são lançados na esteira do sucesso.

Curiosidades

A banda conseguiu um contrato para produção de 2 singles, "X-Offender" e "In the Flesh". Apesar de não se tornar um sucesso, eles conseguiram um contrato para um álbum, com a companhia "Private Stock". Após trabalharem duro, o álbum finalmente saiu em Janeiro de 1977, com o título homônimo de "Blondie".

Integrantes

Paul Carbonara: Guitarra.

Kevin Patrick: Teclado.

Deborrah Harry (Blondie): Vocais.

Clem Burke: Bateria.

Chris Stein: Guitarra.

Jimmy Destri: Teclado.

Leigh Foxx: Baixo.

Ex-Integrantes

Frank Infante: Baixo

Nigel Harrison: Baixo

Gary Valentine: Baixo

 

Discografia

Blondie (1976) - Link

Plastic Letters (1977) - Link

Parallel Lines (1978) - Link

Eat to the Beat (1979) - Link

Autoamerican (1980) - Link

Blondie's Hits (1981) - Link

The Best Of Blondie (1981) - Link

The Hunter (1982) - Link

Rockbird (1986) - Link

Blonde And Beyond (1993) - Link

Platinum Collection (2 CD) (1994) - Link

The Very Best of Blondie (1999) - Link

No Exit (1999) - Link

The Curse of Blondie (2003) - Link

Sight And Sound (Greatest Hits 2005) - Link

The Ultra Selection (2005) - Link

Panic of Girls (2011) - Link

Ghost of Download (2014) - Link

                                                                                                                                 Vídeos

                                                                                                                         

 
 
 
 
 

SIGA nossas redes

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram

© 2018-2019 | GeraRock® - Todos os direitos reservados