Historia

Contando com o vocal agressivo de Sgôto, o Chakal se apresentou ao vivo pela primeira vez no Metal BH II, festival que reuniu as bandas Sarcófago, Sagrado Inferno, Armagedom, Sepultura e Minotauro.

Após a participação na coletânea Warfare Noise em 1986, a banda lançou em 1987 o LP Abominable Anno Domini e iniciou uma carreira de sucesso em todo o Brasil, com shows lotados em Belo Horizonte, São Paulo e Recife. Os vocais animalescos de Korge as guitarras ousadas fizeram a banda se distanciar da repetição do estilo começando, já no primeiro disco, conquistar fama pela sua originalidade e competência.

O EP Living with the Pigs de 1988, trouxe a melhor capa de todo o metal nacional: lobos esfomeados assam três porquinhos, em um desenho que lembra as figuras de quadrinhos infantis. As duas músicas dão mostras do que estava por vir: thrash metal ousado, criativo, original e com solos virtuoses.

Em 1990 o disco The Man Is His Own Jackal chega às lojas com músicas complexas, letras marcantes e riffs fortes e uma nova formação, Eduardo Simões e Mark (guitarras) Wiz (bateria) Marcelo Laranja (baixo e voz). Enquanto no Brasil todos elogiavam os complexos trabalhos de guitarras, os riffs criativos e os solos inteligentes, no exterior, a crítica festejava as letras inteligentes e originais (Eduardo Davis entra como principal letrista) . A Revista inglesa Kerrang! fez elogios ao trabalho. A crítica termina pedindo que o dia do Chakal chegue rápido para o bem de todos. Esse álbum também teve boa execução em rádios da Europa (Inglaterra principalmente).

Em 1993 a banda lança o trabalho Death is a Lonely Business, (Dessa vez com Sergio Chaves no vocal e antes das gravações Marcelo Laranja deixa a banda, apesar de aparecer nas fotos e créditos, substituido por Drews Anderson) talvez o trabalho mais bem acabado da banda (uma gravação primorosa). Há toques de death metal, mas também um pouco de influências exóticas. A banda continua com uma grande variação temática e musical, sempre com destaque para as guitarras virtuoses. As letras, irônicas e ásperas, continuam sendo comentadas pelas revistas especializadas. 

Após anos fora dos palcos, a banda Chakal resolveu retomar suas atividades, com mudanças em sua formação, com o retorno do vocalista Korg. Durante dois anos a banda preparou repertório para um novo álbum, o conceito, um roteiro escrito por Korg inspirado na Trilogia dos Mortos do diretor e roteirista George Romero. O assunto é uma linkagem com o primeiro disco da banda Abominable Anno Domini, especificamente com a música "Dead Walk". Depois de um período longo de ensaios e pré-produção, o polêmico álbum Deadland finalmente é concluido. Este trabalho mostra a banda de forma diferente em relação aos anteriores, o disco possui uma atmosfera densa, sombria e um tema paradoxal: estar vivo em um mundo dominado por mortos-vivos. A estética dos quadrinhos e RPG com direito a gritos, tiros é recorrente durante todo o disco, a busca por um "lugar seguro" e o cuidado da música de estar sempre de acordo com o roteiro. Deadland ainda traz uma faixa multimídia contendo as letras, fotos e mais informações sobre todo o trabalho.

Curiosidades

Em 2004 a banda começou a gravar Demon King que foi lançado em dezembro de 2004 e contou com praticamente toda a formação original após a volta do guitarrista Mark. Outra grande novidade no CD é o primeiro cover gravado pelo Chakal da música "Evil Dead" da banda Death.

No segundo semestre de 2008 a banda relançou o The Man Is His Own Jackal e Death is a Lonely Business (os dois em um) na série Cogumelo Remasters num formato de luxo.

Integrantes

Korg (vocal)

Mark (guitarra) (1985-presente)

Andrevil (guitarra)

Cássio Corsino(baixo)

Guilherme Wiz (bateria) (1985-presente)

 

Ex-integrantes 

Sgôto

Sérgio

Destroyer

Pepeu

Laranja

Paulista

Sérgio C.

Drews

Giuliano Toniolo

Discografia

Álbuns de estúdio 

1987 - Abominable Anno Domini (LP) - Link

1990 - The Man Is His Own Jackal (LP) - Link

1993 - Death is a Lonely Business (LP) - Link

2003 - Deadland / Abominable Anno Domini + Living with the Pigs (CD) - Link

2004 - Demon King (CD) - Link

2013 - Destroy! Destroy! Destroy! (CD) - Link

Coletâneas

 

1986 - Warfare Noise (LP) - Link

1990 - The Lost Tapes Of Cogumelo (LP) - Link

2000 - Cogumelo Records Compilation (CD) - Link

EP 

1988 - Living with the Pigs (EP) - Link

Relançamentos 

2007 - Abominable Anno Domini + Living with the Pigs (DIGIPACK) - Link

2007 - Warfare Noise (DIGIPACK) - Link

2008 - The Man Is His Own Jackal + Death is a Lonely Business (SLIPCASE) - Link

Videos

 
 
 
 
 

SIGA nossas redes

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram

© 2018-2019 | GeraRock® - Todos os direitos reservados