5582697802 Ekseption | gerarockmp3

Historia

Ekseption foi uma banda holandesa que ficou famosa no fim dos anos 60 e início dos anos setenta pela forma única de combinar temas de compositores eruditos com rock e jazz contemporâneo, fazendo um som dominado por teclados, trompete e sax virtuosos. A História do Ekseption começa quando eles ganharam o primeiro lugar no “Loordrecht Jazz Festival” de 1968, sendo premiados com um contrato com a gravadora Philips. Por sugestão de Rick van der Linden, tecladista da banda, eles decidiram gravar versões rock da “5ª Sinfonia” de Beethoven e “Sabre Dance” de Khachaturian. Inicialmente o single, denominado “The Fifth” não chamou muita atenção, porém três meses após, repentinamente, começou a vender “como água”, e a formula base para o então famoso Ekseption estava estabilizada: música erudita com rock sinfônico e jazz. Nesta senda, seguindo o sucesso do single, foi lançado o primeiro disco auto-titulado em 1969, contendo interpretações de rock e jazz de temas clássicos, dois covers e apenas uma música de autoria da banda. No segundo álbum, Beggar Julias Time Trip (1970), Rick van der Linden tornou-se o líder artístico da banda, sendo o responsável por arranjar e compor as músicas. Este álbum, diferente do anterior, é majoritariamente autoral, com apenas quatro reconstruções de compositores clássicos. Outra novidade em relação ao debut foi a presença (mesmo que pequena) de um vocalista Michel van Dijk (que posteriormente se juntou ao Alquin). Ainda em 1970, foi lançado o terceiro disco, denominado simplesmente de “Ekseption 3”, contando agora com os vocais de Steve Allet, mesclando reconstruções e composições próprias. O quarto álbum, “00:04” de 1971, mostra um Ekseption mais próximo do rock sinfônico, tocando lado a lado com a Royal Philarmonic Orchestra a peça central do álbum: “Piccadilly Sweet”, uma suíte composta para orquestra e banda de rock por Rick van der Linden. Os próximos dois álbuns, “5” de 1972 e “Trinity” de 1973, mostram uma banda madura com sua própria e distinta música. Porém, após o “Trinity”, Rick van der Linden sai do Ekseption (forma o Trace), e com ele vai junto a identidade da banda. O sucessor de Rick, Hans Jansen, tem um estilo bem diferente deste, levando a banda para uma sonoridade mais próxima do fusion, o que se verifica nos álbuns seguintes “Bingo-bingo” (1974), “Mindmirror” (1975) e “Back to the Classics” (1976).Assim, o Ekseption não conseguiu repetir o sucesso dos discos anteriores, o que ocasionou o fim da banda (tendo alguns ex-membros formado o Spin).

 

Curiosidades

Em 1978 Rick van der Linden reuniu o Ekseption novamente, gravando o disco “Ekseption ‘78”, porém nessa época o Rock Sinfônico já não estava mais na moda e o álbum foi um fracasso comercial. Rick ainda tentou, sem sucesso, voltar com o Ekseption em 1981, com o álbum “Danse Macabre”, e em 1989, com “Ekseption ‘89”.

Integrantes

Rein van den Broek - trumpet, flugelhorn (1967-1989)
Rick van der Linden - keyboards (1969–1973, 1978–1981)
Cor Dekker - bass guitar (1969–1975)
Peter de Leeuwe - drums, vocal (1969, 1971–1972)
Rob Kruisman - saxophones, flute, vocal (1969)
Huib van Kampen - solo guitar, tenor sax (1969)
Dennis Whitbread (also Withbread - real name Dennis Witbraad) - drums (1970)
Dick Remelink - saxophones, flutes (1970–1972)
Michel van Dijk - vocals (1970)
Linda van Dyck - vocals (1970)
Erik van Lier - trombone, tuba (1970)
Tony Vos - saxophones, production (1969–1971)
Steve Allet (real name Koen Merkelbach) - vocals (1970)
Jan Vennik - saxophones, flute (1973–1979)
Pieter Voogt - drums (1973–1975)
Hans Jansen (full name Johannes J. Jansen) - keyboards (1974–1977)[4]
Hans Hollestelle - guitar (1974–1976)
Max Werner - drums (1981)
Johan Slager - bass, guitar (1981)
Jan Hollestelle - bass, synthesizers, cello (1976)
Frans Muys van de Moer - bass (1989–1993)
Cees Kranenburg - drums, percussion (1976)
Inez van der Linden - vocals (2003)
Mark Inneo - drums (2003)
Bob Shields - guitar (2003)
Meredith Nelson - bass guitar (2003)
Peter Tong - keyboards (2003)

Spin (1976-1977)

Rein van den Broek - trumpet
Jan Vennik - sax, flute
Hans Jansen - keyboards
Hans Hollestelle - guitar
Kees Kranenburg - drums
Jan Hollestelle - bass

Discografia

Ekseption (1969) - Link
Beggar Julia's time trip (1970) - Link
Ekseption 3 (1970) - Link
Ekseption 00.04 (1971) - Link
Ekseption 5 (1972) - Link
Trinity (1973) - Link
Bingo (1974) - Link
Mindmirror (1975) - Link
Back to the Classics (1976) - Link
Spin (as Spin, 1976) - Link
Whirlwind (as Spin, 1977) - Link
Ekseption '78 (1978) - Link
Dance Macabre (1981) - Link
Ekseption '89 (1989) - Link

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              Vídeos

                                                                                                                         

 
 
 
 
 

SIGA nossas redes

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram

© 2018-2019 | GeraRock® - Todos os direitos reservados