Historia

Recordando o Vale das Maçãs (RVM) é uma banda brasileira de rock progressivo, formada em Santos em 1973.

 

Fundada na cidade de Santos - SP em 1973 por Fernando Pacheco (Guitarra), Fernando Motta (Violão), Domingos Mariotti (flauta). Teve várias formações ao longo de seus 35 anos (1973 - 2008). Nos anos 70 e início de 80 teve seus trabalhos DIVULGADOS pela grande mídia, Através de emissoras de televisão e rádio difusão, que na época Abriam espaços para o progressivo, além do RVM o que, nesse período, foi contratado exclusivo da GTA (Gravações Tupi Associadas) o que facilitava o acesso aos programas de rádio e TV e mostra consequentemente conseguia levar um bom público em seus, atuando Brasileiros em vários estados. A partir de 1987 o RVM começa a Distribuir sua produção fonográfica na Europa e Japão, com isso em 1994 é premiado na França e em 1996 na Noruega, o que resulta num convite oficial da Embaixada do Brasil na França, para um concerto em Paris em 1997. Desta forma o RVM foi a primeira banda brasileira de Rock Progressivo um oficialmente se Apresentar na Europa. Hoje o RVM é uma das mais antigas bandas brasileiras de Rock Progressivo em atividade. As várias formações do RVM que contribuíram para uma continuidade dos trabalhos durante todos esses anos foram: 1973/74 = além do trio fundador = Jair Freitas da Silva Sauro (voz e violão) e João Paulo II (baixo). João Luiz Ferreira Alves Teixeira, o "Boi" (orgão Hammond X-77 - 70), 1975/76/77/78 = Sergio Lombardi (baixo), Sula Miranda (vocal), Paulinho da Viola(vocal), Elisa (vocal), Cristina Lobão (vocal), Gui (baixo ), Moa (flauta), Milton (bateria), Luiz (violino) e Lee (teclados). 1979 = Hildebrando Brasil (teclados). 1980/81/82 = Lourenço Gotti (bateria). 1988/89 = Chiquinho Gomes (baixo). 1990/91/92/93 = Pacheco, Motta, Domingos, Gui, Milton e Lima. 1994/95/96/97 = Nélio Porto (teclados), Jorge Sanchez (baixo), Nelson Sachetto (sax / clarinete), Henrique Basilio (violino) e Juliano Buosi (violino) 1998/99 = Guilherme Cordeiro (baixo) e Gustavo Biscaro (bateria).

Curiosidades

A nova formação do terceiro milênio tem uma experiência de dois músicos que juntamente com Espirais Pacheco participaram da gravação do CD - of Time - lançado pela Rock Symphony em 2006, o qual foi produzido entre os anos de 2004 a 2006, o baixista Giuliano Tiburzio (Cebola) e o baterista Antonio Bortoloto (Tom Zé).

Integrantes

Nova Formação (2008)

 

Fernando Pacheco - violão e guitarra

Lael Campos - Teclados

Giuliano Tiburzio - contrabaixo e voz

Antonio Bortoloto (Tom Zé) - Bateria

Outras Formações (1973 a 1999)

 

Ronaldo Mesquita (Gui) - contrabaixo

Sergio Lombardi - contrabaixo

Jorge Sanchez - contrabaixo

Fernando Motta - violão, percussão

Eliseu de Oliveira Filho (Lee) - teclados

Moacir Amaral Filho - flauta

Marcus Garcia - teclados

Luiz Aranha - violino

Lourenço Gotti - bateria

Milton Bernardes - bateria

Hildebrando Brasil - teclados

Domingos Mariotti - flauta

 

Discografia

1977 - As Crianças da Nova Floresta - Link

1982 - "Sorriso de Verão/Flores na Estrada" (Compacto) - Link

1986 - Himalaia - Fernando Pacheco com Recordando o Vale das Maçãs - Link

1993 - As Crianças da Nova Floresta II - Link

1999 - Himalaia II - Link

2001 - 1977-1982 (relançamento do álbum “As Crianças da Nova Floresta” mais as composições do compacto “Sorriso de Verão”) - Link

2006 - Spirals Of Time (lançado sob o nome G.A.L.F.) - Link

                                                                                                                                Videos

 
 
 
 
 

SIGA nossas redes

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram

© 2018-2019 | GeraRock® - Todos os direitos reservados